BDA reforça fiscalização aos projectos financiados em Benguela

05 set 2019
"

Benguela, 5 de setembro: Uma missão do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) realiza em Benguela, de 4 a 6 de setembro, visitas de acompanhamento e fiscalização a 7 projectos financiados, nos sectores da indústria, agropecuária e serviços.

A missão de trabalho do banco, liderada pelo seu presidente do conselho de administração, ABRAHÃO Gourgel, enquadra-se na estratégia adoptada pelo BDA em estar mais próximo dos promotores de projectos, com vista garantir a melhoria da qualidade do seu crédito e a recuperação dos valores emprestados, de modo assegurar a sua performance e sustentabilidade financeira.

Das visitar a efetuar, destacam-se os projetos de produção e processamento de sal, uma unidade de formação superior e uma fazenda de produção de gado de corte.

Na ocasião, o grupo de trabalho vai manter um encontro com representantes da classe empresarial e membros do governo local, parar abordar sobre as oportunidades de financiamento disponíveis no banco, a linha de crédito do Deutsche Bank, a operacionalização do Programa de Apoio ao Crédito (PAC) e as suas condições de acesso.

Em Benguela, o BDA conta com uma carteira de crédito de 21 projetos financiados, avaliados em cerca de 18 mil milhões de kwanzas, com destaque ao sector industrial que representa cerca de 50% do total de projetos financiados.

Recorde-se que, o BDA assumiu como propósito final a partir de 2018 no âmbito do seu novo Plano Estratégico 2018-2022, Aumentar o Financiamento ao Sector Produtivo de forma Financeiramente Sustentável. Reconhecendo, por um lado, a sua vocação de desenvolvimento económico nacional e, por outro lado, a necessidade de melhorar drasticamente a sua performance financeira e a qualidade do seu crédito, financiando projectos economicamente viáveis e garantindo a recuperação dos valores emprestados.

O BDA pretende consolidar-se como uma das principais fontes de financiamento de médio e longo prazos de investimentos de cidadãos nacionais no sector não petrolífero, tem como missão, contribuir para acelerar o desenvolvimento equilibrado e sustentável de Angola, proporcionando suporte à criação de emprego e renda, à modernização das estruturas económicas e sociais e ao aumento da competitividade do País.

"
BDA_fiscaliza_proj_beng_04092019.JPG

Benguela, 5 de setembro: Uma missão do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) realiza em Benguela, de 4 a 6 de setembro, visitas de acompanhamento e fiscalização a 7 projectos financiados, nos sectores da indústria, agropecuária e serviços.

A missão de trabalho do banco, liderada pelo seu presidente do conselho de administração, ABRAHÃO Gourgel, enquadra-se na estratégia adoptada pelo BDA em estar mais próximo dos promotores de projectos, com vista garantir a melhoria da qualidade do seu crédito e a recuperação dos valores emprestados, de modo assegurar a sua performance e sustentabilidade financeira.

Das visitar a efetuar, destacam-se os projetos de produção e processamento de sal, uma unidade de formação superior e uma fazenda de produção de gado de corte.

Na ocasião, o grupo de trabalho vai manter um encontro com representantes da classe empresarial e membros do governo local, parar abordar sobre as oportunidades de financiamento disponíveis no banco, a linha de crédito do Deutsche Bank, a operacionalização do Programa de Apoio ao Crédito (PAC) e as suas condições de acesso.

Em Benguela, o BDA conta com uma carteira de crédito de 21 projetos financiados, avaliados em cerca de 18 mil milhões de kwanzas, com destaque ao sector industrial que representa cerca de 50% do total de projetos financiados.

Recorde-se que, o BDA assumiu como propósito final a partir de 2018 no âmbito do seu novo Plano Estratégico 2018-2022, Aumentar o Financiamento ao Sector Produtivo de forma Financeiramente Sustentável. Reconhecendo, por um lado, a sua vocação de desenvolvimento económico nacional e, por outro lado, a necessidade de melhorar drasticamente a sua performance financeira e a qualidade do seu crédito, financiando projectos economicamente viáveis e garantindo a recuperação dos valores emprestados.

O BDA pretende consolidar-se como uma das principais fontes de financiamento de médio e longo prazos de investimentos de cidadãos nacionais no sector não petrolífero, tem como missão, contribuir para acelerar o desenvolvimento equilibrado e sustentável de Angola, proporcionando suporte à criação de emprego e renda, à modernização das estruturas económicas e sociais e ao aumento da competitividade do País.