BDA e Banco de Exportações Checo assinam Acordo de Cooperação

02 jun 2017
"

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) assinou hoje, 2 de Junho, em Praga, um Acordo de Cooperação com o Banco de Exportação Checo (CEB). O acordo tem como objectivo fomentar o comércio bilateral entre Angola e a República Checa, bem como a cooperação para a capacitação de quadros angolanos.

Segundo o Presidente do Conselho de Administração do BDA, Manuel Neto da Costa, “a República Checa tem potencial para constituir-se como fonte de equipamentos e maquinaria de que os investidores angolanos necessitam para implementarem os seus projectos. Deste modo, pretendemos, com o Banco de Exportação Checo, apoiar as trocas comerciais entre a República de Angola e a República Checa".

Por sua vez Karl Bures, Presidente do Conselho de Administração e Comissão Executiva do CEB, assegura que o acordo garante o financiamento de exportações checas à Angola. “Os investidores angolanos têm interesses na tecnologia checa, principalmente agrícola”.

Na sequência do acordo assinado, o CEB deverá estabelecer uma facilidade de financiamento na qual serão enquadrados projectos de investimento, pelo BDA, que tenham pelo menos 51% de origem de equipamento e maquinaria Checa, sendo coberta com seguro da Agência de Crédito à Exportação Checa, a EGAP.

A acção do BDA enquadra-se nas acções de mobilização de facilidades de financiamento externas para repasse ao investimento privado, conforme regras aprovadas pelo Decreto Presidencial n.º 22/17, de 15 de Fevereiro de 2017. 

"

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) assinou hoje, 2 de Junho, em Praga, um Acordo de Cooperação com o Banco de Exportação Checo (CEB). O acordo tem como objectivo fomentar o comércio bilateral entre Angola e a República Checa, bem como a cooperação para a capacitação de quadros angolanos.

Segundo o Presidente do Conselho de Administração do BDA, Manuel Neto da Costa, “a República Checa tem potencial para constituir-se como fonte de equipamentos e maquinaria de que os investidores angolanos necessitam para implementarem os seus projectos. Deste modo, pretendemos, com o Banco de Exportação Checo, apoiar as trocas comerciais entre a República de Angola e a República Checa".

Por sua vez Karl Bures, Presidente do Conselho de Administração e Comissão Executiva do CEB, assegura que o acordo garante o financiamento de exportações checas à Angola. “Os investidores angolanos têm interesses na tecnologia checa, principalmente agrícola”.

Na sequência do acordo assinado, o CEB deverá estabelecer uma facilidade de financiamento na qual serão enquadrados projectos de investimento, pelo BDA, que tenham pelo menos 51% de origem de equipamento e maquinaria Checa, sendo coberta com seguro da Agência de Crédito à Exportação Checa, a EGAP.

A acção do BDA enquadra-se nas acções de mobilização de facilidades de financiamento externas para repasse ao investimento privado, conforme regras aprovadas pelo Decreto Presidencial n.º 22/17, de 15 de Fevereiro de 2017.